Unimed Rondonópolis oficializa início das obras do Hospital Unimed

pedra fundamental

pedra fundamentalA Unimed Rondonópolis realizou no dia 17 de dezembro a cerimônia da pedra fundamental do Hospital Unimed, na área onde será construído o empreendimento, conhecida como cabeceira norte do antigo aeroporto de Rondonópolis. O “ponta pé” para marcar o início das obras reuniu médicos cooperados, funcionários da Cooperativa, autoridades civis e militares, fornecedores e imprensa.

Os trabalhos de terraplenagem e fundação, que contemplam a primeira fase da construção, iniciam após o recesso de final de ano e serão concluídos até meados de março do ano que vem. A próxima etapa, em meados de abril, será da obra efetivamente, com previsão de conclusão em até 24 meses. O projeto visa a melhoria contínua do atendimento médico e hospitalar da região sudeste do Estado e vai gerar inicialmente cerca de 430 empregos diretos.

O Hospital terá seis centros cirúrgicos, com capacidade para realizar aproximadamente 676 cirurgias por mês. Na primeira fase serão disponibilizados até 55 leitos, de internação e UTI, podendo chegar a 110 leitos no projeto final. Para o vice-prefeito Rogério Salles, presente na cerimônia, o projeto vai consolidar Rondonópolis como polo de saúde para toda a região. “A Unimed é referência no cooperativismo e está de parabéns pela iniciativa corajosa. Tenho certeza que esse investimento vai injetar ânimo para a população”, disse.

A unidade terá 10.777 m² e para a execução da primeira fase, a empresa Thá Engenharia, construtora do Grupo Thá, com sede em Curitiba (PR), foi a vencedora com a melhor proposta comercial entre as participantes do edital de concorrência, lançado em setembro. A abertura dos envelopes com as propostas aconteceu no dia 30 de outubro. A L+M, empresa paulista especializada em Design, Construção e Operação de Empreendimentos de Saúde e responsável pelo desenvolvimento do projeto do Hospital Unimed, realiza a assessoria técnica da obra.

A diretoria da Cooperativa de Trabalho Médico, composta pelos médicos Cristiano Barbosa Queiroz, diretor presidente; Edésio Ramon Junior, diretor financeiro; e Marcos Michel Gromowski, diretor administrativo, conduziram a cerimônia e agradeceram a todos que colaboraram para que o sonho de colocar em prática a idealização de um projeto de tamanha magnitude, se tornasse realidade.

O diretor presidente, Cristiano Queiroz, enfatizou que o dia foi de comemoração pelo início das obras. “É uma data comemorativa! Lançamos o projeto em junho deste ano e apresentamos para a sociedade. Em seguida foram feitos pequenos ajustes e terminamos os projetos arquitetônicos. Agora com o início efetivo das obras, a previsão de conclusão do Hospital será de menos de dois anos. O desejo de construir o nosso hospital já é antigo, mas este amadurecimento que conquistamos foi obtido após uma longa jornada. Há tempos estamos realizando consultorias especializadas, planos de negócios e visitando outros serviços. Hoje, todo o Sistema Unimed admite que o recurso próprio é uma condição indispensável, sendo vital para a manutenção do atendimento e controle de qualidade. Tudo foi cuidadosamente estudado e passamos por uma série de discussões até chegarmos hoje, ao início das obras. Nosso objetivo é oferecer uma assistência medica de qualidade para Rondonópolis e região, em um novo ambiente para nosso trabalho médico”, destacou.

Com a ampliação dos recursos próprios da Unimed Rondonópolis, um dos principais avanços para a saúde da região será o aumento no número de leitos para pacientes privados, além de um moderno centro de diagnóstico.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 2 =